Edelweiss psicanalista e Gabriel sócio da vivit
Edelweiss psicanalista e Gabriel sócio da vivit

Ela é uma menina de 60 anos que já saltou de paraquedas, fez ensaio sensual, tem tatuagens das quais se orgulha exibir e assegura ter muitas vontades ainda a serem satisfeitas.

Ele é chamado de velho e gosta, embora esteja anos-luz dos 65 anos. Entende que do jeito que as coisas caminham, a ciência evolui a passos largos a ponto de permitir que daqui uns tempos, quando a pessoa tiver seus 193 anos, saudável e lúcida, possa escolher a data em que quer morrer.

Ela é Edelweiss Souza, psicanalista com abordagem transpessoal, rumo ao doutorado, cuja tese versa sobre as palavras ‘encantadas’ e que também faz uso da hipnose clinica como ferramenta auxiliar em áreas como depressão, tabagismo, obesidade, dentre outros tantos.

Ele é Gabriel di Mônaco, professor de educação física, com mestrado em fisiologia do envelhecimento e professor no curso de pós-graduação em medicina.

Até aqui, tudo muito bem e parabéns aos dois.

Acontece que eles resolveram unir suas expertises com um só propósito: promover e priorizar a saúde, seja ela física ou mental, além de conscientizar sobre a necessidade de cuidados e prover a assistência adequada, integrando uma equipe, que somadas as especialidades, cobre todo o segmento do bem viver.

A equipe pode ser encontrada em um espaço acolhedor e silencioso, muito próximo de uma das principais avenidas de São Paulo, cujo calor já é sentido na gentileza e atenção com que se é recebido, seja pelo Gabriel ou pela Edelweiss, cuja equipe também conta com um quiropata – uma especialidade da fisioterapia que em linhas gerais, atua no tratamento e prevenção das disfunções mecânicas no sistema neuromuscularesquelético – todos parceiros nessa ideia visionária.

Não é uma ideia fantástica encontrar sob o mesmo teto profissionais que veem o ser humano por inteiro e não em partes, que se propõem a ouvir, a considerar a realidade em que a pessoa se encontra inserida e não simplesmente impor um cardápio de opções pré-concebidas, para uma realidade que nada tem a ver com a da pessoa?

Não foi suficiente? Gabriel, afirma convictamente que se não tiver resultados em 90 dias, o investimento é devolvido.

O envelhecimento, antes considerado um fenômeno, hoje faz parte da realidade da maioria das sociedades e estima-se que em 2050, dois bilhões de pessoas terão mais de 60 anos. Isso pode ser encarado como uma resposta à mudança de alguns indicadores de saúde, especialmente a queda de fecundidade e mortalidade, além do aumento da expectativa de vida.

A premissa deste projeto é a integração, a troca. Incluir novos elementos em um conjunto, para formar o todo.

A celeridade, o tipo e a intensidade das modificações físicas, emocionais, psicológicas e sociais que acontecem durante a vida, são individuais e intransferíveis, acontecem sob influências diversas como fatores genéticos, ambientais, alimentação, saúde, stress e muitos mais.

Não é só o corpo que se transforma. Interiormente também somos transformados com o passar do tempo e quando se pensa em saúde, deve-se fazê-lo com a integração do físico, do emocional, do espiritual e de tudo aquilo que faz do ser humano um todo, único.

Veja bem – envelhecer é processo único – mas não isolado. A ideia aqui é corpo são. Mente sã. O indivíduo é um universo – nem só corpo, nem só mente. Por isso, a anamnese (entrevista feita para elaborar o diagnóstico) é feita em equipe.

Ainda existe muito preconceito e desinformação a respeito da hipnose – que é reconhecida como ciência – e usada como ferramenta auxiliar na psicoterapia, (vale esclarecer que preconceito nada mais é que arrogância, julgamento concebido na ignorância, na não aceitação daquilo que é novo, diferente), tem se mostrado forte alternativa em tratamentos para dor, depressão, trauma, tabagismo, obesidade e outros.

A hipnose clínica é diferente da hipnose de entretenimento usada nos palcos, mas se quiser ter um show de resultados, essas são as pessoas indicadas.

Envelhecer envolve inúmeras transformações biológicas inerentes ao organismo e por ocorrerem de maneira gradativa, existe a necessidade de evoluir – no sentido de estar disposto a compreender como se dá o declínio e em achar alternativas que sejam feitas sob encomenda para a demanda de cada um.

VIVIT – ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE

intuicaopositiva@gmail.com

Rua Tomás Carvalhal, 449

Paraíso – São Paulo

(11) 2371.0521

(11) 99917.4783